segunda-feira, 18 de agosto de 2014

os super funcionários do Brasil, incluído os juízes e promotores, aparecem como os mais bem pagos do mundo .

os super funcionários do Brasil, incluído os juízes e promotores, aparecem como os mais bem pagos do mundo .
Gastamos com o judiciário, por habitante, mais do que o dobro da média dos países europeus. Em relação ao PIB, nenhum país europeu se aproxima. Os juízes e promotores em início de carreira ganham mais do que o dobro da média europeia.
Mas então deveriam estar todos satisfeitos?

Parece que não, pois a pressão sobre o orçamento é constante para aumento de verba; pedidos para auxílios variados, como alimentação, moradia, etc; superação do teto constitucional que limita o vencimento, adicionais diversos, incorporação de planos, além de diferenciais como férias de 60 dias mais recesso de 15 dias no fim ano, aposentadoria integral – regalias que colocam os membros dessa superestrutura em uma classe diferenciada e um tanto descolada da realidade brasileira.

Mas como está a qualidade dos serviços prestados à população que paga a conta?

Destacamos os salários anuais, em euros, de cinco países europeus: França, Alemanha, Portugal, Espanha e Suécia:



http://marcelopintodarocha.jusbrasil.com.br/artigos/133946504/judiciario-custa-muito-caro-ao-brasil?utm_campaign=newsletter&utm_medium=email&utm_source=newsletter

2 comentários:

  1. Fazem o que querem com as leis, inclusive fazem as leis. E as empresas estrangeira roubam o Brasil feio na época colonial, mas por meio da corrupção dos políticos que entregam nosso país de bandeja.

    ResponderExcluir